“A porta da rua é a serventia da casa” na Travessa da Ermida

March 14, 2017

O artista Diogo Almeida Martins foi fotografando portas durante vários anos, de várias dimensões, cores, estratos sociais, e até portas que outrora já o foram que actualmente estão tapadas. Partindo da ideia de uma “não porta”, o artista propõem a reflexão sobre as vivências e identidades que cada uma acumula durante a sua vida. Num sentido mais voyeurista, dá a possibilidade ao espectador, conseguir visualizar pequenas acções e espaços, aludindo que essas mesmas imagens do quotidiano estariam para além daquela porta.

A porta da rua é a serventia da casa
Diogo Almeida Martins
18/03/2017 – 10/04/2017

Na Travessa da Ermida

Tags:

Deixe o seu comentário