Esta 5ª feira na cafetaria Quadrante do CCB, às 22h com entrada livre.

Para defender a forma híbrida segundo a qual compõe jazz, Nicolas Masson afirma que apenas o move a paixão pela música, independentemente dos idiomas e dos estilos: uma razão de ser para a reunião de influências tão distintas como Ornette Coleman, Black Sabath, Claude Debussy e PJ Harvey.

Informações no site do CCB.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.